quarta-feira, fevereiro 14, 2007

Mendoza

Escrevo de Mendoza, belíssima cidade argentina próxima à fronteira com o Chile, onde passo a semana com alguns amigos. A regiäo é famosa pelos bons vinhos, em especial a uva Malbec, clássica deste país. E além destas qualidades, Mendoza também conquistou a todos nós pelo seu caráter aberto e pelas deslumbrantes paisagens naturais.

A cidade é o ponto de partida de quem quer fazer excursöes pela vizinha cordilheira dos Andes e portanto atrai todo o tipo de mochileiro, desde os interessados em caminhadas até os que buscam as emoçöes do rafting ou mesmo os alpinistas que sonham em desafiar o Aconcágua, o ponto mais alto das Américas.

Fizemos um passeio maravilhoso pelas cordilheiras, onde cada parada revelava uma beleza ainda maior do que a anterior, tudo isso enriquecido pelo incrível bom humor do guia e dos demais colegas de excursäo - éramos os únicos brasileiros num grupo de argentinos, mas isso cada vez parece fazer menos diferença para mim.

O ponto alto - literalmente - foi a visita ao monumento à paz na fronteira entre Argentina e Chile, a 4.000 metros de altitude. O corpo pira täo alto: vento, frio, dor de ouvidos e uma certa tontura. Mas a vista é de uma beleza täo radical e absoluta que vale qualquer sacrifìcio. Também adoramos a visäo do Aconcágua, nos sentimos diante de um rei.

Nosso único problema foi hospedagem. Ficamos inicialmente num hostal com mais ou menos o mesmo conforto de um bunker vietcong, embora os guerrilheiros provavelmente tivessem um melhor sistema de refrigeraçäo - apesar da proximidade da cordilheira, Mendoza é bastante quente. Mas agora estamos num albergue bem mais simpático, numa ruma repleta de bares e restaurantes.

Volto amanhä para Buenos Aires. Meus amigos seguem viagem para o Chile - país que näo tenho muita vontade de rever - mas nosso plano é nos reencontrar em breve em Bariloche, estou acertando os últimos detalhes para reservar hospedagem e passagem na cidade, porque estamos preocupados em näo conseguir vagas por causa da alta temporada.

1 Comentarios:

Anonymous Paulo said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Maurício,
Será uma pena se não conseguirmos nos encontrar. Vou estar com a patroa no Hotel Regente de sábado até quarta. Me manda seu telefone por e-mail: pgontijo@gmail.com
Mesmo que a gente não consiga se encontrar, gostaria de pedir umas dicas do meu cronista favorito.
Abs
Paulo

fevereiro 14, 2007 10:37 PM  

Postar um comentário

<< Home

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons License. Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com