terça-feira, janeiro 10, 2006

Conto de Duas Cidades


A primeira coisa que fizeram com meu colega foi espancá-lo com um pedaço de pau cravejado de espinhos. Depois lhe deram um tiro no pé, para que não pudesse fugir. Arrastaram-no até o alto do morro, onde amputaram suas pernas com um serrote. Pedia perdão aos gritos, prometendo sair do Brasil caso fosse solto. Assim morreu Tim Lopes. Ponto de virada para o jornalismo no Rio de Janeiro. Mostrou-nos que também somos vulneráveis na guerra da Cidade Partida. Óbivo ululante, mas a ficha demorou a cair.

O assassinato de Tim é o ponto de partida para “Narcoditadura”, de Percival de Souza, veteraníssimo repórter da crônica policial. Seu livro-reportagem analisa o poder do crime organizado, dissecando casos como a formação do PCC em São Paulo, a ação das máfias no Espírito Santo e as disputas por poder na PF durante o governo FHC. E acompanha a reação da sociedade civil organizada à morte de Tim. Associação Brasileira de Imprensa, intelectuais, líderes cívicos. Tim como símbolo da cidadania.

Corte para a outra cidade. Onde Tim Lopes não é herói, mas X-9.

Paulete dirige um centro comunitário na favela da Rocinha e dá aulas para um grupo de moças que sonham ser modelos. Conhece todo mundo, e é respeitado apesar de ser homossexual assumido. Está ajudando o sociólogo Luciano numa pesquisa, que resultará em livro sobre a Rocinha. Sua vida muda quando um artigo publicado por Luciano revela mais do que devia sobre os meandros da favela e desperta a ira simultânea de traficantes, ONGs e líderes comunitários. A chapa esquenta e sobra para Paulete acusada de "ter colocado um Tim Lopes no morro".

Paulete é o narrador de um dos melhores romances brasileiros recentes, “Sorria, você está na Rocinha”, do jornalista Júlio Ludemir. Através dos comentários de Paulete e Luciano, surge um retrato fascinante das ligações perigosas entre favela e asfalto, entre o tráfico e o poder público, tudo isso mediado por líderes de ONGs e associações comunitárias que se valem de suas relações pessoais privilegiadas com a imprensa, governos e organizações filtantrópicas para virarem uma elite dentro da
favela e explorá-la em seu próprio benefício, copiando os hábitos e o consumo da classe média da zona sul. Indústria da miséria que faz a Rocinha ser o terceiro ponto turístico mais visitado do Rio.

Há pouca ficção no romance de Ludemir. Pessoas familiarizadas com a crônica policial e com o mundo ONG carioca percebem razoavelmente fácil quem é quem no livro. Os nomes importam menos do que os mecanismos descritos no texto. Aliás, o próprio Ludemir caiu fora do Rio de Janeiro após a publicação do livro. Em seu lugar, faria o mesmo.

“Narcoditadura” afirma que o tráfico se estabeleceu como um um regime autoritário nas favelas, nas prisões e estendeu seus tentáculos às instituições do Estado, ameaçando a democracia. “Sorria, você está na Rocinha” examina a maior favela da América Latina e afirma que o jogo lá é mais complexo. O tráfico alimentou a economia local a tal ponto que ela hoje não depende mais dele, embora não possa ignorá-lo. E surgiu uma elite com força para negociar com o asfalto e se estabelecer como um elo entre o poder público e os moradores.

11 Comentarios:

Anonymous nica said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Acho que vou fazer umas encomendas por aí. Fiquei curiosa pra ler os dois. :)

janeiro 10, 2006 2:49 PM  
Blogger Claudia said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Eu também fiquei curiosa. Li Cidade Partida e Cidade Cerzida mas não achei que nenhum dos dois correspondia a algum ponto de vista razoável (de acordo com meu próprio ponto de vista)... É triste porque o dinheiro que roda no tráfico (que nunca foi pouco) está, mais que nunca, fora de medida. O poder dos narcotraficantes, por conseqüência, também cresce de forma incomensurável. Por esse poder, estes homem deixam de ser "apenas" traficantes de drogas para tornarem-se bandidos extremamente bárbaros e cruéis... No fim, rola uma deprê, um desânimo e a utopia de que consigamos mudar estes cenários.
Até!

janeiro 10, 2006 10:19 PM  
Blogger Mauricio Santoro said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Minhas caras,

de dez anos para cá foram lançados muitos bons livros sobre a violência no Rio. Além dos que a Claudia mencionou, vale citar também "Abusado", do Caco Barcellos (ascensão e queda do traficante Marcinho VP) e, claro, "Cidade de Deus", do Paulo Lins.

Gostei bastante dos dois que comentei no post. Aliás, impressiona como o Iuperj vem se dedicando ao tema. Só no semestre passado foram dois cursos sobre violência.

Bjs

janeiro 11, 2006 9:57 AM  
Blogger Glauco Paiva said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Li o do Percival. Ainda sou mais "Abusado", do Caco Barcellos.

janeiro 11, 2006 8:05 PM  
Blogger Mauricio Santoro said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Também gostei muito do livro do Caco Barcellos. Aliás, a obra vai ser adaptada para o cinema.

Abs

janeiro 12, 2006 10:00 AM  
Blogger Sérgio said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Li "Abusado" quase todo num final de semana.Na época me impressionou e surpreendeu o poder do tráfico haja visto morar um pouco distante do Rio.Santos, por suas similaridade geográfica, também sofre com esse "câncer".
Após acabar minha atual leitura vou procurar esses dois livros.
De qualquer forma este é um problema de difícil solução enquanto não se pensar no longo prazo como educação e saúde de melhor qualidade e acessível a todas as camadas da população.E não nos esqueçamos que quem alimenta o tráfico são os compradores que, na sua maioria, não estão nos morros e sim aqui embaixo.
Abraços

janeiro 12, 2006 6:04 PM  
Blogger Mauricio Santoro said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Oi, Sergio.

O Percival fala bastante da questão do consumo, assumindo a posição de que as pessoas que compram drogas também fazem parte da narcoditadura, porque a sustentam financeiramente.

Nas festinhas aqui na zona do sul do Rio, já perdi a conta de quantas vezes o papo habitual sobre como a cidade é violenta foi interrompido para alguém circular droga.

Assim é difícil mudar qualquer coisa.

janeiro 13, 2006 12:23 PM  
Blogger ninest123 said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

ray ban sunglasses, air jordan pas cher, ray ban sunglasses, ralph lauren pas cher, ray ban sunglasses, nike roshe run, nike free, sac longchamp, tory burch outlet, longchamp, louboutin shoes, chanel handbags, nike air max, ugg boots, prada outlet, oakley sunglasses, oakley sunglasses, oakley sunglasses, polo ralph lauren outlet, oakley sunglasses, kate spade outlet, nike free, cheap oakley sunglasses, nike outlet, louis vuitton outlet, prada handbags, nike air max, louis vuitton, polo ralph lauren outlet, jordan shoes, air max, tiffany and co, louis vuitton outlet, burberry, replica watches, louboutin pas cher, replica watches, louis vuitton, tiffany jewelry, uggs on sale, ugg boots, longchamp outlet, louboutin outlet, christian louboutin outlet, longchamp pas cher, louis vuitton, gucci outlet, longchamp outlet, michael kors, louboutin

julho 01, 2016 11:20 PM  
Blogger ninest123 said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

oakley pas cher, timberland, new balance pas cher, mulberry, burberry, true religion jeans, michael kors outlet, michael kors outlet, michael kors, replica handbags, michael kors, coach outlet, hermes, nike air max, nike air max, burberry outlet online, converse pas cher, nike air max, coach purses, ralph lauren uk, north face, tn pas cher, sac guess, lacoste pas cher, hollister pas cher, ray ban uk, ugg boots, north face, michael kors outlet, air force, true religion jeans, true religion jeans, abercrombie and fitch, michael kors outlet, hogan, true religion outlet, kate spade handbags, nike roshe, michael kors outlet, coach outlet, hollister, vanessa bruno, ray ban pas cher, michael kors, nike free run uk, vans pas cher, lululemon, ugg boots, nike blazer, michael kors

julho 01, 2016 11:22 PM  
Blogger ninest123 said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

soccer shoes, abercrombie and fitch, ray ban, celine handbags, lululemon, nike air max, nike trainers, new balance, louboutin, iphone cases, giuseppe zanotti, soccer jerseys, hollister, hollister, oakley, instyler, nike air max, nike roshe, nike huarache, mcm handbags, nfl jerseys, asics running shoes, gucci, hollister, insanity workout, mont blanc, timberland boots, p90x workout, vans, valentino shoes, chi flat iron, wedding dresses, longchamp, bottega veneta, north face outlet, beats by dre, vans shoes, mac cosmetics, herve leger, reebok shoes, north face outlet, birkin bag, ralph lauren, jimmy choo shoes, baseball bats, lancel, ghd, babyliss, ferragamo shoes, converse outlet

julho 01, 2016 11:30 PM  
Blogger ninest123 said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

supra shoes, toms shoes, karen millen, canada goose, marc jacobs, pandora jewelry, canada goose uk, juicy couture outlet, pandora charms, moncler, ugg pas cher, canada goose, canada goose, replica watches, bottes ugg, ugg,uggs,uggs canada, moncler, moncler outlet, moncler, sac louis vuitton pas cher, swarovski, moncler, moncler, canada goose outlet, wedding dresses, montre pas cher, coach outlet, canada goose, louis vuitton, links of london, louis vuitton, pandora jewelry, louis vuitton, doudoune canada goose, moncler, moncler, ugg boots uk, louis vuitton, hollister, swarovski crystal, juicy couture outlet, thomas sabo, ugg,ugg australia,ugg italia, canada goose outlet, pandora charms

julho 01, 2016 11:44 PM  

Postar um comentário

<< Home

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons License. Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com