quarta-feira, junho 29, 2005

Corporocracia


Perkins com a boca no trombone Posted by Hello


Uma amiga que voltou há poucos dias de uma viagem pelos EUA me emprestou "Confessions of an Economic Hit Man", de John Perkins, que está na lista de mais vendidos no NY Times. Ele trabalhou durante algumas décadas como consultor e analista para grandes empresas americanas e seu livro de memórias é uma denúncia das manipulações e fraudes que essas corporações cometem em seus negócios em países em desenvolvimento, numa teia de interesses que envolve o governo dos Estados Unidos, políticos locais, FMI, Banco Mundial, a turma toda. "Corporocracia", diz o autor.

O currículo de Perkins impressiona. Trabalhou na Indonésia, Irã, Equador, Colômbia, Panamá e Arábia Saudita, em geral produzindo estudos sobre o potencial de crescimento econômico nas áreas de energia e infra-estrutura. Ele descreve como essas projeções eram manipuladas através de modelos econométricos para indicarem um desenvolvimento muito maior do que aquele que ocorreria de fato, de modo a justificar empréstimos vultosos das instituições de Bretton Woods e contratos valiosos para as empreiteiras americanas. Corrupção é parte inerente do processo. Dinheiro, viagens, mulheres.

Perkins parece ser um sujeito angustiado e solitário, que encarou de frente o fato de que se vendeu ao esquema porque este lhe permitia uma vida de magnata, muito além de suas expectativas da pequena classe média do interior dos EUA. Ao mesmo tempo, demonstra um interesse incomum por outras culturas e capacidade para fazer amigos nelas, embora suas descrições não escapem de uma certa romantização.

Ele afirma que foi motivado a escrever suas confissões pelo nascimento da filha e os atentados de 11 de setembro, eventos que o forçaram a acertar as contas com o passado. Hoje ele se dedica a fontes alternativas de energia, toca uma ONG ambiental e escreve. E tem um site pessoal.

O livro é interessante, poderia ser excelente se fosse mais profundo. A segunda metade, que descreve a vida de Perkins fora da "corporocracia" é bem mais fraca do que os bastidores de seu período no jogo sujo.

1 Comentarios:

Blogger Leila Couceiro said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

E pensar que há muitos consultores desse tipo dando conselhos a empresários brasileiros, ministros, etc... Legal saber que ele deu uma guinada em sua vida para trabalhar por causas mais nobres.

junho 29, 2005 12:32 PM  

Postar um comentário

<< Home

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons License. Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com