sexta-feira, abril 08, 2005

Mutatis Mutandis

Quando te perguntam qual eh a sua ideia de diversao, o que vem a sua mente? Alpinismo? Raves eletronicas? Bungee Jumping? Surf nas ondas gigantes do Havai? Bom, se voce respondeu sim a qualquer das opcoes acima, nao estamos no mesmo grupo. Minha ideia de diversao se aproxima mais de um bom livro, uma poltrona confortavel, um cha ou cafe espresso e uma boa companhia. Eh, infelizmente as aventuras de BB nao sao tao movimentadas assim.

Sendo um animal de habitos bastante definidos, tenho problemas serios com a perspectiva de mudar de apartamento. Mas como dessa vez nao tenho escolha, soh me resta colocar o livro de lado, levantar da cadeira confortavel e comecar a empacotar tudo que tenho. Sabem aquele adesivo de para-choques -- "nao tenho tudo que amo, mas amo tudo que tenho"? Eh mais ou menos assim que opero.

A ultima semana foi completamente caotica, mas entre poeira, livros e moveis, acredito que todos estao sobrevivendo, inclusive eu. Livros sao (infelizmente) as piores coisas para uma mudanca. O peso do conhecimento (literalmente) me ajudou a conseguir uma dor nas costas, uma potencial crise de meia-idade precoce e a repentina consciencia de que compro porcaria demais. Obrigo-me entao a desfazer-me de varios deles, mas parece cortar na carne. O que empacoto antes: a serie pela metade do "Lobo Solitario" em manga? Os classicos de Relacoes Internacionais que aumentam a cada ano? Ou aqueles livros de Descartes que estavam empoeirados no canto do armario?

Tenho ateh o final do mes para desocupar o apartamento e parece que ainda nem cheguei a metade. Entre o caos do meu apartamento e a necessidade de fechar varias tarefas antes de voltar ao Brasil, vou levar o resto deste mes. Mais noticias em breve.

5 Comentarios:

Blogger Mauricio Santoro said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Caro,

adotei o hábito, por vezes doloroso, de manter comigo somente os livros que preciso, que quero reler etc. É a única alternativa possível ao caos.

Boa sorte na mudança e com a dor nas costas. Que tal unir o útil ao agradável e fazer uma doação de livros à biblioteca pública mais próxima?

Abraços,
Maurício

abril 08, 2005 5:13 PM  
Blogger BB said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Rapaz,

Nao quero dar uma de bom samaritano, mas varios dos livros de RI da biblioteca da PUC pertenceram anteriormente ao BB. Doei um monte de livros (acho que o JD se lembra disso).

Quanto aos meus livros daqui, sao muito especializados para doar para uma biblioteca de colegio (que sao as publicas mais proximas) e, por filosofia pessoal, nao doo para a Biblioteca de Duke. Nao precisam dos meus livros.

Estou vendendo alguns na Amazon, o que tem sido uma experiencia muito boa.

Sobre o fato de manter apenas os livros "que precisamos", voce estah corretissimo. O problema eh a minha definicao de "precisar". Ela inclui desde bulas de remedio ateh livros sobre tipografia (juro!). Eh vicio mesmo.

Grande abraco.

abril 08, 2005 6:11 PM  
Blogger Claudia said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Livros tem uma singularidade bastante curiosa: eles não parecem ocupar tanto espaço na estante mas quando os tiramos de lá, parecem que triplicam de peso e volume. Sei disso porque me mudei há pouco mais de um ano e fiz algumas viagens a mais só por conta das malas de livros. E o mais interessante é que sempre que tinha menos livros do que devia. Os clássicos de Ri, por exemplo, eram todos da biblioteca da PUC ou da Estácio mesmo....
Bom, já falei demais! Boa sorte na mudança e nas decisões (caso seja necessário tomar alguma....)
Grande abraço!

abril 09, 2005 12:58 AM  
Blogger Velvet said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Bem, posso dizer o mesmo? Acho que não. Desde que me conheço me mudei umas 5 vezes... risos Sim, foram 5 vezes. Em todas elas eu deixei coisas para lá. Na infância foram as bonecas, depois uns vinis e por fim alguns livros e cd's perdidos na mudança. Mas eu sempre penso: se perdi ou deixei pra trás, é porque não me doeria tanto depois. E não doeu. Siga seu instinto: em vez de levar tudo, olhe para o livro e pense "Esse vai ou não?" A primeira resposta que vier é a correta.
Beijos

abril 09, 2005 11:58 AM  
Blogger BB said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Velv,

Por necessidade resolvi usar o seu metodo e ele estah funcionando mesmo!

Obrigado e bjs.

abril 09, 2005 6:28 PM  

Postar um comentário

<< Home

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons License. Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com