sexta-feira, fevereiro 25, 2005

Lembrando Betinho


A Volta do Irmão do Henfil Posted by Hello

Se estivesse vivo, mestre Herbert de Souza faria 70 anos em 2005. Uma das muitas coisas que ele fez na vida foi fundar a ONG em que trabalho, de modo que organizaremos uma campanha em sua homenagem. O foco deve ser nos jovens que não têm idade para lembrar de quem foi o irmão do Henfil.

Por conta disso, nesta semana houve um seminário no IBASE com a publicitária que organizou a campanha contra a fome. Trabalhei com ela na preparação dos Diálogos contra o Racismo e desde então me tornei seu admirador. Ela fez uma excelente exposição, mostrou os principais vídeos do movimento, muitos deles emocionantes, e ressaltou a importância do marketing para os temas sociais, como método de divulgar as próprias idéias e atividades de maneira envolvente.

Essa é uma tarefa na qual as ONGs e movimentos sociais ainda precisamos melhorar muito. Fazemos muitas coisas interessantes, mas falhamos em nos comunicar com o público mais amplo. Claro que isso leva, em diversos casos, a um discurso viciado, de coleguinha para coleguinha. Vi muito disso no Fórum Social Mundial, por exemplo.

A campanha em homenagem a Betinho vem em boa hora. É impressionante ver a mobilização da Ação da Cidadania e notar o quanto ela apostava na força da sociedade civil. Hoje em dia as ONGs estão muito concentradas em (tentar) influenciar o Estado, que é muito hábil em cooptar (um cargo aqui, um almoço com o ministro ali) e bastante lento em apresentar mudanças concretas. A situação é agravada porque os movimentos sociais não sabem se são contra ou a favor do governo Lula, ambigüidade que gera grandes distorções entre um discurso radical e uma prática perigosamente próxima da velha troca de favores clientelistas.

2 Comentarios:

Blogger Goldmoon said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Betinho is dead. Long live Betinho!

fevereiro 25, 2005 9:44 PM  
Blogger BB said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Caro,

Gosto muito quando voce escreve sobre as ONGs e a mobilizacao da sociedade civil em geral.

Tenho a impressao de que ha uma distancia enorme entre a percepcao popular das ONGs e a percepcao delas proprias a respeito do trabalho que fazem.

Eu ainda tive a chance de ver o Betinho falar na PUC na decada de 90. Ele era uma figura extremamente carismatica, um cara incrivel.

Grande abraco.

fevereiro 27, 2005 6:45 PM  

Postar um comentário

<< Home

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons License. Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com