segunda-feira, outubro 09, 2006

Liderança



Nestes dias de campanha eleitoral, se você estiver em busca de exemplos de liderança assista à minissérie “Band of Brothers”, produzida pela HBO, acompanha o cotidiano de uma companhia de paraquedistas dos EUA na Segunda Guerra Mundial. Em dez episódios magistrais, a série aborda o treinamento da tropa, o Dia D, a fracassada tentativa de tomar as pontes do Reno na Holanda (Operação Market Garden), a terrível contra-ofensiva alemã na floresta das Ardennes e a ocupação aliada da Alemanha e da Áustria. Embora as cenas de combate sejam excelentes, o essencial da série são as relações entre os membros da companhia, em particular a liderança exercida pelo oficial Richard Winters, que passa de tenente a major durante os três anos cobertos pela série. Só fui vê-la inteira agora, graças a meu irmão ter me emprestado os DVDs.

Pessoas vão à guerra por vários motivos: ideais, obrigações, senso de dever, desejo de aventura ou de rapina. No entanto, uma vez em combate, os que as mantém unidas não é a filiação abstrata ao Rei ou ao Estado, mas o elo que se forma com seus camaradas. We happy few, we band of brothers, como diz Henrique V a seus soldados, na peça de Shakespeare.

No início de Band of Brothers, o tenente Winters é o esforçado assistente do capitão Sobel, o comandante da companhia, um oficial rigoroso em excesso que acredita que ser líder é cobrar seus subordinados ao máximo e ocasionalmente humilhá-los com ordens injustas. O zelo de Sobel disfarça sua insegurança e ele se revela um péssimo comandante nos exercícios de campo, sendo afastado do posto às vésperas do Dia D.

Winters assume o comandado da companhia exatamente nesse dia fatídico para a guerra, pois o comandante substituto morre na invasão da Normandia. O tenente é visto com estranheza pelos seus, por não beber, confraternizar pouco com os soldados. Corre até o boato que é quacre. Aos poucos Winters demonstra seriedade, competência e dedicação pela tropa. É sempre o primeiro a se expor aos riscos e também se esforça para proteger seus homens da eventual estupidez da burocracia do Exército.

É difícil dar conta de tantas exigências de liderança e alguns dos melhores momentos da série são as tentativas da companhia em lidar com oficiais ruins (“Ele grita muito, viu filmes de guerra demais”, diz Winters a respeito de um tenente), ou com bons oficiais que simplesmente não agüentam o tranco do combate, de perder amigos e subordinados.

A guerra é a situação extrema por excelência, mas várias das discussões sobre liderança podem ser aplicadas em outros ambientes. A principal constatação de Band of Brothers é que liderança extrapola a posição na hierarquia, é um respeito construído na convivência, confiança e espírito de equipe. Ao exemplo de Winter se junta o dos sargentos da companhia – a espinha dorsal de qualquer Exército - em especial recepcionando os “substitutos” que chegam no lugar dos muitos mortos nas campanhas européias. Há também um episódio excelente no qual a terrível batalha de Bastogne é contada do ponto de vista de um dedicadíssimo enfermeiro, que contribuiu a sua maneira para manter o moral em meio a uma situação desesperadora.

“Band of Brother” é também uma justa homenagem ao Exército de “soldados e cidadãos” americanos que venceu a Segunda Guerra Mundial. Numa bela cena, um coronel nazista se rende a Winters e diz que não haverá lugar para pessoas como eles nos anos de paz. Mas Winters opta por sair das Forças Armadas e se torna fazendeiro nos EUA, em busca da tranqüilidade que tanto almejou em seus anos de combate.

5 Comentarios:

Blogger Igor said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Já ouvi muito falar dessa Band of Brothers, mas infelizmente não tenho HBO... :-(

Vamos marcar o almoço sim!! Aí conversamos sobre o Bom Alemão e trocamos umas figurinhas!!

Abraço forte, meu amigo futuro romancista!!

outubro 09, 2006 10:49 PM  
Blogger xnm2x06 said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

hey, I just got a free $500.00 Gift Card. you can redeem yours at Abercrombie & Fitch All you have to do to get yours is Click Here to get a $500 free gift card for your backtoschool wardrobe

outubro 10, 2006 6:40 AM  
Anonymous Gigi said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Você e suas dicas sempre excelentes! Eu tambem nao tenho HBO mas me interessei muito pela serie.Será que conseguirei encontrá-la? Bjs

outubro 10, 2006 12:17 PM  
Blogger Mauricio Santoro said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Caros Igor e Gigi,

também não tenho HBO. Comprei a caixa de DVDs da série, que custa um pouco menos de R$100. Vale cada centavo.

Minha expectativa é para o lançamento da série "Roma", também da HBO, que aborda a queda da república e a ascensão de Julio César. Vi os dois primeiros episódios e achei excelente.

Igor, marcamos para a próxima segunda, pode ser?

Abraços

outubro 10, 2006 2:02 PM  
Blogger xjd7410@gmail.com said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

coach outlet store online
michael kors outlet online
michael kors handbags
michael kors outlet
tods outlet online
michael kors outlet
coach factory outlet
ray ban sunglasses
true religion outlet
kobe 8
michael kors outlet online
ray ban sunglasses outlet
louis vuitton purses
louis vuitton handbags
michael kors outlet online
cheap jordans
coach factory outlet
hollister clothing
air jordans
toms wedges
beats solo
cartier watches
true religion jeans
ed hardy outlet
longchamp outlet
toms wedges
timberland outlet
oakley sunglasses
ralph lauren polo
chenyingying2016723

julho 22, 2016 10:11 PM  

Postar um comentário

<< Home

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons License. Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com