sábado, novembro 18, 2006

Isabel Perón


Por estes dias li uma biografia de Isabel Perón, terceira esposa do general e presidenta da Argentina nos difícilimos dias de 1974 a 1976. Sabia pouco sobre ela: era dançarina de cabaré quando conheceu Perón, seu governo foi um desastre e culminou no golpe militar que instaurou a pior ditadura da América Latina. O livro confirma essas impressöes, mas a realidade é mais interesante, diversificada e contraditória.

Isabel era o nome artístico - e depois político – de Maria Estela Martinez. A pesar do ofício, ela era uma moça de classe média tradicional, católica e prendada, que sabia tocar piano e falar francës. Mas também tinha um espírito rebelde e inquieto que a levou a romper com a familia e tentar uma mal-sucedida carreira artística. Conheceu Perón num cabaré, quando ele estava exilado no Panamá, já viúvo de Evita.

O idoso ex-presidente se encantou com a mulher bonita, 36 anos mais jovem, e totalmente dedicada a ele. Ela o acompanhou no exílio na Venezuela e finalmente da Espanha, onde formaram uma corte um tanto bizarra, mistura de sindicalistas peronistas, franquistas e sob a influëncia de José Lopez Rega, um policial dado a práticas místicas que virou secretário e faz tudo do casal, obtendo grande controle sobre Isabel.

Perón a usou como mensageira política na América Latina e quando recebeu permissäo para voltar ao país, fez com que ela fosse nomeada sua vice-presidente. O velho caudillo, sempre desconfiado, nao queria rivais ainda mais num momento de saúde frágil. Perón morreu meses depois de asumir a presidencia e Isabel recebeu um fardo muito mais pesado do que estava preparada. Crise econömica, violencia política correndo solta entre militares, guerrilhas, sindicalistas e o peronismo dividido e assustado com o “bruxo” Lopez Rega. Só podia acabar mal.

A autora da biografia, a historiadora Maria Saenz Quesada, analisa muito bem o papel público de Isabel. Sem o carisma de Evita, näo procurou competir com ela, mas tentou se apropriar de sua imagem e usar o comportamento de uma distinta senhora de classe média argentina. A ditadura a manteve presa por cinco anos e depois disso ela teve pouca participaçäo na vida política do país. Ainda vive, na Espanha, onde joga cartas com as velhas damas do franquismo. Um tanto fantasmagórico.

Saenz Quesada diz que o período da ditadura continua vivo na memoria, mas que Isabel foi esquecida. Certíssimo, até no show de tango que vi ontem se falava dos militares. A terceira esposa de Perón, contudo, virou um trauma nacional pesado até para este país täo acostumado a catástrofes.

***

Agora à tarde devo fazer uma pequena viagem de trem e navio para a cidade de Tigre e pelo delta do rio que a banha. Amanhä a idéia é passear em Buenos Aires por La Boca, Puerto Madero e Palermo, como despedida de uma amiga brasileira que parte em alguns dias.

3 Comentarios:

Blogger Igor said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Tantas vezes, as cenas que se desenrolam por trás das cortinas são tão mais interessantes que as que acontecem no palco. Contudo, por estarem atrás das cortinas, estão sempre fadadas ao esquecimento....

Abraço forte

novembro 19, 2006 11:49 AM  
Blogger Mauricio Santoro said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Salve, meu caro.

Tem sempre alguém olhando atrás da cortina, o diabo é esperar o tempo necessário até saírem os relatos dos bastidores...

Abraços

novembro 20, 2006 12:29 PM  
Blogger xjd7410@gmail.com said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

oakley sunglasses
oakley sunglasses wholesale
abercrombie & fitch new york
ralph lauren
retro 11
michael kors handbags
kate spade handbags
gucci handbags
basketball shoes
air force 1
oakley sunglasses
polo outlet
ed hardy outlet
true religion outlet
michael kors outlet online
hollister outlet
jordan retro 13
burberry outlet
louis vuitton outlet
kevin durant shoes 7
lebron shoes for kids
adidas uk
coach factory outlet
gucci belts
jordan retro 8
michael kors outlet online
coach factory outlet
supra shoes
lebron 11
true religion outlet
chenyingying2016718

julho 18, 2016 6:21 AM  

Postar um comentário

<< Home

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons License. Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com