quarta-feira, maio 11, 2005

O FGTS é seu amigo

Objetivo do cidadão incauto: sacar R$5 mil do fundo de garantia para dar uma mão na compra do apartamento

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL (CEF), 2 de maio. Antes da assinatura do contrato.

FUNCIONÁRIA 1: É simples, o senhor precisa somente trazer os documentos desta lista e em cinco dias úteis o dinheiro está na sua conta.


CEF. 6 de maio. Apresentação dos documentos.

FUNCIONÁRIO 2: Ih, é para FGTS? O senhor tem que agendar uma audiência com o gerente. Só daqui a 25 dias.

Segunda tentativa:

FUNCIONÁRIA 3: FGTS? Vá até o fundo da agência e converse com um dos gerentes. Tempo de espera? Uns 15 ou 20 minutos, depende da fila.

GERENTE 1: O senhor é correntista do Banco do Brasil? Então é melhor resolver por lá.


BANCO DO BRASIL (BB), 9 de maio.

FUNCIONÁRIO 4: FGTS é com a caixa.

FUNCIONÁRIO 5: O BB não faz isso. O gerente da CEF informou errado.


CEF, 9 de maio. Cerca de três horas depois.

GERENTE 2: De fato, o senhor tem que marcar audiência com o gerente e apresentar vários documentos. Depois um engeheiro vai vistoriar o apartamento. Mas só temos horário para audiências a partir de setembro. E o senhor vai pagar de taxas algo em torno de R$1 mil. No seu lugar, eu não mexeria no FGTS agora. Sim, o senhor pode resolver pelo BB ou por qualquer outro banco. É que eles não sabem disso e ficam mandando todo mundo para cá, por isso estamos lotados.

BRADESCO. 9 de maio. Uma hora depois, por telefone.

FUNCIONÁRIA 6: Fazemos esse serviço, mas não recomendo ao senhor. A burocracia é complicada, tudo corre por São Paulo, e a taxa inicial é de R$1.300.


BB, 11 de maio.

GERENTE DE RELACIONAMENTO: FGTS pelo BB? Isso para mim é novidade. Eu mesmo estou quitando meu imóvel pela CEF e resolvendo tudo por lá. Mas o atendimento deles é uma porcaria. Esperei 1h40 na fila. E ainda cobram uma taxa de avaliação no valor de 1% do apartamento. Peraí, deixa eu ver se o Freitas sabe alguma coisa.

FREITAS: Não, a gente só faz o acompanhamento do FGTS quando é em caso de demissão. Na divisão de tarefas, o BB e a CEF não podem competir na área imobiliária. Não sei porque eles ficam mandando as pessoas para cá.

GERENTE DE RELACIONAMENTO: O senhor vai comprar o imóvel com cheque administrativo? Ah, com transferência eletrônica direta, porque só paga o CPMF e escapa da taxa do Banco Central... Como o senhor sabe disso, o senhor trabalha em banco? É, verdade, é importante a gente estar bem informado.

***

Moral da história: é mais fácil mexer comigo do que eu mexer no meu FGTS. Deixa ele lá. Mas confesso que se alguém assaltar uma agência da CEF, não ficarei triste.

2 Comentarios:

Blogger BB said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Ainda tenho que te contar a minha historia da conta fantasma em Brasilia (nao se assuste: nao foi falcatrua, nao fiquei rico, abriram a conta a minha revelia e nunca consegui fechar). Sou um imã para historias kafkianas.

Aviso importante aos leitores deste blog: mesmo usando as iniciais BB, nao possuo qualquer ligacao com o Banco do Brasil, com a Brigitte Bardot ou com o Banco de Boston. Obrigado.

maio 11, 2005 4:01 PM  
Blogger Bruno Lopes said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Desistiu de sacar o FGTS? Ao menos conseguiu descobrir onde que saca ele, na Caixa ou no Banco do Brasil?
Considero um FGTS um roubo. As condições para sacar ele são tão difíceis que muita gente nem vê esse dinheiro, que sempre tem rendimento abaixo da inflação. Sem contar que, se você trabalha em uma empresa como o Jornal do Brasil, provavelmente o dinheiro sequer será depositado.
Seria melhor se todos tivessem descontado umaparcela menor, de uns 10% do FGTS, a título de seguro-desemprego. Se algum dia você ficasse desempregado, sacava, caso contrário, o dinheiro era perdido, assim como o FGTS já é uma perda na prática.
Falei isso em uma mesa de um bar, e três amigos nem sabiam como funciona o FGTS. O quarto defendeu o FGTS, porque ele te "obriga" a ter uma poupança para situações de aperto. E assim vamos...

maio 16, 2005 9:48 AM  

Postar um comentário

<< Home

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons License. Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com