sexta-feira, março 18, 2005

Desventuras Acadêmicas

Comecei minha última matéria no doutorado, um curso sobre 'Instituições, Ciclos Políticos e Desempenho Macroeconômico". É o único neste semestre que tem alguma relação com meu tema de pesquisa, além de ser à noite, o que me facilita muito a vida.

O professor iniciou a matéria mudando o dia da aula, porque coincide com o da disciplina obrigatória do doutorado. Três alunos responderam que então teriam que desistir do curso, contra apenas uma estudante que será beneficiada - só que é orientanda do professor. Detesto esse favoritismo acadêmico. Pelo menos podiam ter combinado antes e nos poupado do constrangimento.

Depois, ele anuncia que todos os alunos terão que apresentar os textos em Power Point, "porque é assim que se deve fazer em sala de aula". Um colega observa que esqueceram de avisar os cientistas sociais. Puro fetichismo tecnológico. O PP é útil para conferências ou apresentação de projetos, mas dificulta o diálogo com os alunos, porque o professor precisa se prender a um roteiro pré-fixado.

Após o curso sobre guerra que fiz com o Renato Lessa, é frustrante cair nessa visão estreita da vida acadêmica. Pena que o mestre está lecionando filosofia do século XVIII, distante demais da minha realidade. Ao menos há na turma cinco pessoas com interesse comum na Argentina, aprenderei com esse convívio. O professor também se mostrou receptivo à minha pesquisa, inclusive surgerindo que eu escreva sobre a política econômica do governo De La Rúa. Também me chamou a atenção para a importância das relações entre províncias e Buenos Aires no aumento da dívida pública e na explosão da crise.

Vejamos como a coisa corre. Se ficar muito ruim, de repente mudo para o curso do Lessa. A estrada para o conhecimento deveria ser sempre alegre e luminosa, mas às vezes é "long and winding".

1 Comentarios:

Blogger BB said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Caro,

Apesar de pesado, o programa eh exatamente o que se le por aqui. Diria que, da maneira como o curso estah arrumado, ele funcionaria perfeitamente aqui como introdutorio em uma aula de Politica Comparada. Destaco os artigos da Prof. Remmer e de Wibbels (ex-aluno dela).

Tive um ano de aulas com ela. E ela fez parte da minha banca examinadora nos exames qualificatorios. A especialidade dela eh Argentina -- no momento ela estuda os efeitos do federalismo nos gastos governamentais e na pressao inflacionaria.

Abraco.

março 18, 2005 2:37 PM  

Postar um comentário

<< Home

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons License. Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com