quinta-feira, julho 29, 2004

Bachianas Brasileiras

Na Europa, quando eu falava ¨sou brasileiro¨ as pessoas sempre citavam futebol ou novelas. No Equador, ser brasileiro é pertencer a um país de enorme força cultural, política e economica. Como mais de uma pessoa me disse por aqui, o Brasil é um país imperialista. O curioso é que eu conversava exatamente isso com meu orientador no doutorado, uns dois dias antes de viajar, por conta das abordagens que quero usar na minha tese.

Na America Hispanica, o Brasil é visto como um país gigantesco, com fome de território, sempre disposto a fazer o jogo dos EUA e pronto para assumir o controle de industrias importantes - petroleo, gas, mineracao - em seus pequenos vizinhos. Ao mesmo tempo, o Brasil é muito admirado, as pessoas aqui no Forum sao extremamente amaveis em seus elogios a nosotros, brasileños.

Ontem fui a um concerto de musica classica na Camara de Comercio de Quito. Tocou-se as Bachianas Brasileiras, de Villa-Lobos, com o compositor sendo saudado como o mais importante da America do Sul, senao do hemisferio. Imperialismo é isso aí. Morra de inveja, George W. Bush!

2 Comentarios:

Blogger BB said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Caro,

Sua descricao eh impecavel. Apesar de uma enorme admiracao pelo povo brasileiro, ha sempre um cuidado, um receio com o Brasil na America Hispanica. Pude ter essa experiencia desde cedo por causa do meu pai, que soltava uns "eh tipico do imperialismo brasileiro!" de vez em quando. Meu pai sempre teve muito orgulho do ativismo da diplomacia mexicana, a qual sempre comparava aa brasileira.

Sendo "verdade" ou "mentira", a percepcao do sub-imperialismo leva ao questionamento: serah que os imperialistas acham que sao imperialistas?

Grande abraco.

julho 29, 2004 2:52 PM  
Blogger Síndico said... Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Maurício,

Realmente cai na questão da perspectiva. Enquanto daqui nós vemos um país sendo colonizado pelos norte americanos e por determinada classe social brasileira, eles nos olham como imperialistas.

Estranho, não? Confuso.

Abraços,
Leandro.

agosto 04, 2004 10:28 AM  

Postar um comentário

<< Home

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons License. Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com